Como montar seu colete tático

Montar um colete tático para uso diário pode ser mais fácil do que você imagina

Com as várias opções no mercado de coletes chamados táticos, pode ser complicado montar o seu se você não tiver a minima noção do que realmente irá precisar na sua vida profissional.

O tático esta para equipamentos como gourmet esta para os produtos alimentícios. Ultimamente vemos uma gourmetização de vários produtos e isso acaba por desinformando o operacional brasileiro. Na alimentação, para um alimento ser considerado gourmet precisa ter elementos diferentes do produto tradicional, um ingrediente ou preparação mais refinado, mais nobre ou mais raro. Não deveria ser assim no equipamento?

Enfim como equipamento não é comida vamos parar de bla bla bla e partir para a prática.

Como montar seu colete gourmet tático?

Brincadeiras a parte, comece fazendo uma análise do seu dia-a-dia como policial ou seja lá a função que esteja ocupando atualmente. Verifique o que realmente é imprescindível para a execução da mesma.

Tendo visto isso, partimos em primeiro lugar para a plataforma. Ah a plataforma...quero a mais hiper mega super motherfucker intergalática plataforma para que eu fique sexi e pareça fodão. É isso mesmo? Creio que você deve sim pensar em conforto em primeiro lugar pois irá passar de 12 a 24hrs com elas grudada ao corpo e na primeira hora pode ser bom, porém na 8 já não parece tão bom assim e é ai que a maioria começa a se arrepender da configuração.

A plataforma deve ser escolhida tendo em mente as placas disponibilizadas por sua unidade. A maioria possui placas balísticas convencionais em Aramida o que limita o formato do colete. Se você adquirir no mercado externo, muito provavelmente terá problemas pois elas são produzidas para as placas americanas que são muito diferentes das nacionais e com certeza ficará partes importantes do seu corpo exposta lhe dando uma falsa sensação de proteção. As placas nacionais são produzidas em formato de camiseta e a maioria dos fabricantes nacionais copiam os modelos americanos e não adaptam as placas nacionais, até porque nunca usaram um colete balístico e não sabem para que serve.

Então, seu colete deve se ajustar a placa balística e preste muita atenção se partes do seu corpo estão expostas. Geralmente se a placa for menor que o colete ele irá baixar e sua caixa torácica e onde estão os principais órgãos do seu corpo ficará expostas. lembre-se! outros órgãos podem ter concerto, coração e pulmão pode até ter mas será que se forem atingidos você terá o tempo suficiente de conseguir esse concerto? Proteja sua caixa torácica. Outro problema comum é o colete servir em altura mas as alças não serem grandes o suficiente e ficar parte do peito também desprotegido

O ideal é que essa parte em vermelho fique protegida com a placa balísitica então sempre adquira o colete de acordo com o tamanho de sua placa. Verifique em sua unidade o tamanho que disponibilizam antes de escolher sua plataforma. Nunca use uma placa menor que seu colete e nunca mas nunca mesmo compre o colete de acordo com o seu tamanho. O colete deve seguei o tamanho de sua placa balística. Ela é a peça mais importante no momento de seu uniforme.

O formato ideal então, é aquele que te protege o máximo possível.

Pode seu que sua unidade tenha placas de cerâmica. Se esse for o caso, a explicação acima segue da mesma maneira. verifique o formato da placa e compre o colete nesse formato.

Agora que você já escolheu sua plataforma com base em sua placa balística, poderá verificar outros componentes nessa plataforma como o fechamento. Se o modelo que escolheu, para colocar no corpo, precisará de ajuda de outras pessoas ou se pode fazer isso sozinho. Há coletes com fechamento na parte de trás que precisam de ajuda. Então verifique essa informação. Existem outros com fechamento lateral que diminuem a parte molle na frente e isso impede que você coloque os acessórios que irá precisar efetivamente para o combate. 

Se você trabalha na RP sabe que ficara boa parte do seu tempo dentro de uma VTR então não terá o espaço das costas para colocar equipamentos pois ficará desconfortável no banco. Nesse caso precisará maximizar a parte da frente com os equipamentos que precisa.

Alguns modelos possuem as laterais MOLLE como é o caso do Modelo FENRIR na imagem abaixo. Nesse tipo de colete você poderá colocar alguns acessórios nas laterias porém mais a frente sem prejudicar a mobilidade. Se você colocar muitos equipamentos nas laterias, não ficará sentado corretamente ao banco da VTR pois a porta ira pressiona-lo para o outro lado e dificultará a vida do motorista em caso de acompanhamento e que este tenha que trocar rapidamente de marcha em VTR\'s comuns. não estamos falando aqui de VTR\'s grandes que tenham esse espaço maior. 

Saber escolher o equipamento certo para combater é tão importante quanto combater pois dele dependerá seu sucesso ou fracasso.

A Warfare produz equipamentos funcionais dentro dessa perspectiva do menos é mais. Ter muito e não saber usar e pior do que ter pouco e se sentir apto a usar. Quando você coloca equipamentos demais e sente desconforto pode achar que é o equipamento total que é inadequado, porém em um exame mais minucioso poderá ver que o excesso é que pesa.

Aprenda a usar cada coisa que carrega

Agora que escolheu a plataforma e o sistema de fechamento vamos para os equipamentos.

Tudo bem que você seja habilitado em 100 armas diferentes, porém veja quais são as suas de trabalho e que sua unidade dispõe. O equipamento MOLLE permite que você tenha e possa mudar sempre que precisar então não seja preguiçoso e monte somente com o que realmente utiliza. lembre-se! Menos é mais.

Então partindo da arma curta para outras armas, veja quantos carregadores são disponibilizados para você. Se o fabricante disponibiliza a arma para sua unidade com 3 carregadores não faz sentido usar um 4 X PISTOL por exemplo. A não ser que utilize um dos bolsos para a pistola como porta lanterna tática e canivete. Nesse caso pense em um 4 X PISTOL se não use o 2 X PISTOL  ou no máximo um 3X PISTOL, pois utilizará um carregador na pistola e dois reservas. É o que precisa e vai sobrar mais espaço para outros acessórios.

Definindo a arma curta vamos para a arma longa.

Que tipo de arma longa irá usar? Qual calibre? Ah na minha unidade tem Cal 12, tem CT, MT, tem MD tem AR10 etc...filho, veja o que você vai utilizar e da mesma forma quantos carregadores estão disponíveis. os carregadores de 556 por exemplo podem ser preenchidos com o porta Cal 12 fita então servem para as 3 armas. Você pode utilizar neles 1 carregador de 7,62, 2 de 556 ou o de Cal 12. Então esse é uma acessório que deve constar no seu colete.

Se só existem 2 carregadores por fuzil 556 disponível use somente um porta carregador que irá lhe atender muito bem. Se você tiver de colocar nesse porta o cal 12 fita, terá ainda 12 munições extra de cal 12, ou seja, mais duas cargas.

Tem ainda os carregadores de carabinas .40 que são diferentes, então se utiliza elas em serviço veja quantos carregadores irá precisar e adquira somente o necessário. Os carregados de CT.40 curtos por exemplo são compatíveis com os pistols e você poderá então utilizar os mesmos porta carregadores. Já os longos precisam de um porta carregador específico.

Se você opera somente com calibre 12, pense nos modelos tipo o TERMINATOR que são produzidos para essa finalidade. Agentes que operam em unidades prisionais por exemplo. São 4 cargas por porta carregador e você pode separar por letal e menos letal.

Definido os porta carregadores vamos aos demais acessórios.

O IFAK não pode faltar no seu colete. O IFAK é seu kit de sobrevivência e deve estar bem sinalizado de preferencia de cor diferente no seu colete para ser localizado facilmente ou pelo menos identificado com um sinal parecido com o de +. Não só tenha como aprenda a usar. vamos falar sobre isso em um outro momento. o que colocar no kit IFAK. Por hora, tenha um IFAK.

Você vai precisar ainda de um porta rádio comunicador e um porta algema. São acessórios que devem estar presentes em seu colete.

Pelo menos um bolso reserva para colocar outras coisas como material de anotação, baterias reservas, documentos etc.

Essa é a configuração ideal para seu colete tático. Claro que cada um tem suas necessidades mas esta configuração irá atender a maioria dos operacionais. Tudo que você adicionar a mais ao seu colete é peso então veja se realmente precisa desse peso extra. veja se você não pode deixar esses materiais em uma mochila como a Mochila ATTACK que por ser modular, você pode utilizar se precisar inclusive acoplada a seu colete. Deixe na VTR por exemplo e em caso de necessidade leva-la junto na incursão. É o caso de ração e água, kit de limpeza da arma entre outras coisas.

Espero que tenha auxiliado você na composição de seu novo equipamento.

Menos é mais sempre
Escrito por Samuel Formento

CEO Warfare - Live By The Code - Ex Policial Militar - Ex Militar exercito - Um sobrevivente como você.

Comentários
Sobre nós

Nós somos uma empresa orgulhosa do que faz e para quem faz. Continuamos motivados a inovar para oferece sempre o melhor aos policias  e entusiastas. Encontre nessas páginas o seu motivo para se orgulhar também.

Fale conosco
Rua Agua Branca 530 - 1º andar CEP:89032-150 Blumenau/SC
Newsletter